Agência Doting

#DicaRápida - Analytics & BI - Um olhar mais profundo sobre o seu negócio

O BI e Analytics vem para tornar as suas decisões mais precisas e embasadas.

Paulo Fernandos

Por Paulo Fernandes

360 Digital - Analytics & BI

Durante muito tempo observamos empresas tomarem decisões importantes com base apenas no feeling de seus proprietários. Esses donos de companhias usavam o seu conhecimento do mercado para apontar quais caminhos a empresa deveria trilhar para solucionar os seus problemas e atingir o sucesso. Essa forma de pensar perdurou por alguns anos, mas com o tempo vem caindo por terra. Pois, tomar decisões que ditam o rumo de uma empresa apenas pelo viés de opinião pode causar danos graves. Principalmente no mercado atual, com uma competição tão acirrada.

Por isso, quem possuí a informação, e sabe como trabalha-la, sai na frente da concorrência. É nesse momento que entra o BI e Analytics.

Mas, o que é Analytics e BI?

O setor é novo no mundo dos negócios, mas já é peça fundamental para um planejamento estratégico eficiente. Pois, é ele quem vai coletar e analisar os dados referentes ao seu consumidor e ao mercado. A partir disso, é possível entender as causas dos problemas, comportamento do consumidor e qual o melhor caminho a ser seguido.

É essa área que vai abastecer o planejamento com informações relevantes, para que as decisões sejam tomadas.

E como funciona?

O levantamento de informações pode ser feito de diversas maneiras, dependendo muito do objetivo da empresa. Se a ideia for atrair novos clientes, por exemplo, o primeiro passo é entender onde estão esses clientes e porque ainda não compram na sua empresa.

Em seguida são definidas as ferramentas para realizar essas buscas, que podem ser dados da própria empresa, Google Analytics, Facebook, ferramentas de monitoramento, pesquisas secundarias entre outras. Depois disso, o setor seleciona os dados e os passa para o planejamento.

Enfim, as vantagens

Após esse processo, a sua empresa passa a ter em mãos dados confiáveis e relevantes sobre a atual situação do negócio. Dessa forma, criando ações adequadas e embasadas para empresa, com risco muito menor do que as feitas apenas por intuição.


Paulo Fernandes

Por Paulo Fernandes